Notícias de Última Hora
inicio / Bem Estar e Saúde / Amigos e amigas do Bairro Tristeza !

Amigos e amigas do Bairro Tristeza !

Como falar da Tristeza:

O bairro Tristeza é um cenário de alegria, que convida a um viver saudável e a um conviver prazeroso.Um dos locais mais tradicionais de Poa, é o lugar ideal para lançarmos um grande movimento. Não um movimento para mudar o nome do bairro,nunca foi a nossa intenção, mas um movimento para mudar a forma com olhamos  para o sentimento tristeza.

Muitos não sabem, mas o dia 10 de Setembro, é o dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

Um problema silencioso,que afeta todo o mundo e que, infelizmente, faz o Rio Grande do Sul, ser o Estado líder no ranking nacional. Grande parte dos casos decorre da depressão – a tristeza excessiva que as pessoas guardam para si. Precisamos falar da tristeza.Essa tristeza que vem da alma, do corpo, do desamor.

Por isso o C v v, está no Bairro,fazendo campanhas, para alertar a comunidade local.Essa onda de solidariedade voltada para abraçar aqueles que nos cercam e mais amamos.

Queremos quebrar o tabu, que se criou em torno do  suicídio e discuti-lo, só assim podemos diminuir o impacto dessa doença nas nossas vidas.

Vamos abraçar essa causa, vamos propagar a alegria da tristeza num movimento de valorização da vida…

ligue – 188 C V V  Como vai você ?

1111

Cerca de Swammi Benevenutto

Sou monge tibetano-cristão-budista-universalista-ecumênico, discípulo do Lama Botswuamma. Ainda sou poeta, escritor, Técnico em Contabilidade desempregado, cidadão, voluntário em escola pública, ex-jardineiro, ex-servente de obra, ex-securitário, ex-bancário, ex-apicultor, ex-feirante, ex-caseiro, ex-reciclador de sucatas, ex-militante e fundador anonimo do PT/RS, do qual fui Assessor de Bancada e Caixa Executivo; ex-acadêmico de Ciências Atuariais na UFRGS. SOCIALISTA e AMBIENTALISTA desde que nasci. MATERIALISTA-DIALÉTICO desde que aprendi a ler e escrever. COLORADO "Papa-tudo" desde 1909 ( meu avô tinha 7 anos ). Sou ECUMENISTA. PACIFISTA e amante da vida em contato permanente com a natureza em toda sua exuberância; plantador anonimo de árvores nativas frutíferas na orla da praia de Ipanema/POA e cultivador de mudas das mesmas. Acredito que o ser humano foi feito "PRA BRILHAR, NÃO PRA MORRER DE FOME".