Notícias de Última Hora
inicio / Utilidade Pública / Moradores tentam impedir que área protegida se torne condomínio de luxo

Moradores tentam impedir que área protegida se torne condomínio de luxo

Belém novo não quer mais um Condomínio de luxo.

A fazenda Arado Velho, em Belém Novo, reduto natural com áreas de  Mata Atlântica e bioma gaúcho corre o risco de ser aterrada com mais de 1,5 milhão de m 3 de solo para  permitir a construção de mais 2,300 casas em um condomínio de luxo na região.

Com a obra, além da vegetação nativa, a área perderia também os banhados permanentes e  sazonais que traria problemas de escoamentos nas regiões do entorno.O anúncio do projeto ocorreu cerca de duas semanas  após o “retorno oficial” da Zona Rural ( que inclui o bairro Belém Novo) em Setembro de 2016.

Mas as expectativas dos moradores  de ver a região mais protegida foram frustradas com as alterações no Plano Diretor, que permitiram que o projeto de construção de condomínios no bairro ganhassem forma.

No momento, existem dois inquéritos civis no Ministério Público Federal julgando a legalidade do projeto apresentado pelo empreendimento. Um grupo de moradores locais, que conta co apoio de ambientalistas e pesquisadores da UFRGS,se organiza para defender a preservação da área e torná-la uma Unidade de Conservação do meio ambiente, história, cultura e arqueologia ( na Fazenda do Arado Velho), existe um sítio arqueológico de alta relevância cadastrado no IPHAN).02 a02 b

Cerca de Buscar Zona Sul